Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2018

Há mais coisas na tecnologia, Heidegger, Ellul… do que são sonhadas nas vossas filosofias

O que a história da tecnologia de ordenha sugere sobre o que seja em geral a "tecnologia" ou a "técnica"

A forma da crítica de Hamlet a Horácio julgo assentar aqui como uma luva[1]. Mas com a intenção inversa, pois, se o príncipe da Dinamarca lamentou a excessiva racionalidade do amigo, inclino-me a criticar uma racionalidade insuficiente daquele (referidos no título) filósofo alemão, daquele teólogo, filósofo e sociólogo francês, etc., quando se dispuseram a falar sobre tecnologia sem, aparentemente, terem analisado os fenómenos que costumamos designar com essa palavra. Procurarei esboçar esta crítica com base num caso: o da tecnologia de ordenha. (Pergunto-me pelo acerto de trazer um tema destes a uma plataforma eminentemente sobre cinema, música, grande literatura… Ou se calhar é esta última que nos confronta com as coisas da vida. Nem que seja de alguma forma enviesada como, depois de ler as páginas acima mencionadas, porventura ter eu sonhado numa destas noite…